Irmã Adelaide Molinari

Irmã Adelaide Molinari, filha de agricultores, Salvador e Cecília Molinari, nasceu em Garibaldi-RS, aos 02/02/38, mudando-se, ainda menina, para Palmeira das Missões-RS. Trabalhava com a família na roça. Aí descobriu sua vocação religiosa.

Com o apoio de seus pais, foi morar com as Filhas do Amor Divino. Estudou. Tornou-se Religiosa e assumiu o Carisma da Congregação: estar a serviço dos mais necessitados.Irmã Adelaide foi uma das primeiras Filhas do Amor Divino que se dispôs a trabalhar nas Missões, no Pará.

Chegou em Eldorado aos O8 de abril de 1983 com mais duas Irmãs para ser presença de Igreja no meio daquele povo pobre, sofrido e necessitado.A 14 de abril de 1985 foi cruelmente assassinada à bala, em meio a muita gente, na Rodoviária de Eldorado, após missão cumprida aqui na terra.

Havia solicitado passagem para regressar a Curionópolis, onde se encontraria com as demais irmãs e de cuja comunidade era coordenadora. Nesta oportunidade esperava-a o mais traiçoeiro gesto humano: o assassinato.

Ali ela se encontrou e conversou com o Delegado do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Marabá-PA, o qual estava sendo visado e foi, neste momento, vítima de atentado.

Irmã Adelaide só teve tempo de dizer:”Meu irmão, não faça isso”, quando o pistoleiro, insensível, detona o tiro fatal, que fez a bala atravessar o tórax, sendo mortal para Irmã Adelaide. Atingindo-a também no pescoço, por onde derramou todo seu sangue.

2018-08-06T18:20:41+00:00

Deixe um Comentário