NOTA DO CESEEP DE REPÚDIO ÀS REFORMAS E DE APOIO À GREVE GERAL

O atual governo, com apoio dos bancos, federações da indústria, ruralistas e grande mídia vem subvertendo e suprimindo garantias e direitos constitucionais das pessoas, na esfera da saúde, da educação, do trabalho e da seguridade social.
Não foi eleito, nem tem legitimidade para impor este programa antidemocrático favorável apenas ao capital e ao mercado e contra os trabalhadores e os mais vulneráveis na sociedade.
O executivo e o parlamento têm sido surdos aos clamores da sociedade e aos protestos da população.  
A greve geral convocada para o dia 28 de abril é o último recurso que sobrou para se exigir um amplo diálogo com toda a sociedade sobre temas tão cruciais para a vida e sobrevivências das pessoas como a reforma trabalhista e previdenciária.
O CESEEP soma-se aos movimentos sociais, sindicatos, igrejas e outras organizações da sociedade civil no irrestrito apoio à greve geral e no repúdio às reformas nos termos propostos e impostos pelo governo.
José Oscar Beozzocoordenador geral 

2017-05-24T22:50:23-03:00

Deixe um Comentário