Ainda Procuro – Vanin Martins

Sim, mesmo sendo padre casado, ainda procuro respostas para muitas perguntas de religião. Serão as Igrejas o melhores lugares para o encontro com Deus? Estar dentro de uma igreja significa que esta é a vontade de Deus?

Para muitos, só quem participa da Igreja, ou da religião A ou B, está dentro de uma comunidade igreja e tem melhor possibilidade de salvação.

Leio e releio a Bíblia. Tenho dificuldades, principalmente no Evangelho, encontrar um chamado de Jesus para que eu participe de uma religião.

Jesus liga diretamente o discipulado dele ao MANDAMENTO DO AMOR. “35 Se vocês tiverem amor uns para com os outros, todos reconhecerão que vocês são meus discípulos.» João 13,35. E numa de suas últimas orações Jesus fala ao PAI: “20 «Eu não te peço só por estes, mas também por aqueles que vão acreditar em mim por causa da palavra deles, 21 para que todos sejam um, como tu, Pai, estás em mim e eu em ti. E para que também eles estejam em nós, a fim de que o mundo acredite que tu me enviaste. 22 Eu mesmo dei a eles a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um. 23 Eu neles e tu em mim, para que sejam perfeitos na unidade, e para que o mundo reconheça que tu me enviaste e que os amaste, como amaste a mim.” João 17,20—23.

A proposta que mais me parece de Cristo é que aprendamos AMAR E CONSTRUIR UNIDADES. O AMOR que Cristo nos pede é concreto: atender as seis necessidades básicas do empobrecido: alimento, água, vestiário, habitação, saúde e liberdade Mateus 25,31-46.  Parece-me que esta deixou de ser a prática na maioria das Igrejas. O que está sobressaindo é o CULTO AO DEUS INVISÍVEL, porque o CULTO verdadeiro continua sendo encontrar CRISTO no necessitado. Ele não se deixa trancar nos Templos e Sacrários. Sonho, oro e trabalho para que este dia aconteça.

Hoje participando do AMOR EXIGENTE vejo neste espaço, o meu lugar para amar os mais necessitados e construir unidades, ou a unidade.

Padre José Vanin Martins 

2019-02-22T12:33:29-03:00

Deixe um Comentário