Formação Pastoral – Um desafio pastoral e social

Escravidão Modernas nas cidades: Um desafio pastoral e social

05 de agosto a 28 de setembro 2018

Folder 2017 Ficha de inscrição

 

Apresentação

Os movimentos sociais, assim como as igrejas e suas pastorais, são chamados a tomar consciência da realidade e a interpelar a sociedade, os poderes públicos e a si mesmos, sobre a vigência da escravidão moderna. Esta consiste em “trabalho forçado, jornada exaustiva, condições degradantes de trabalho e restrição de locomoção por dívida”. Afeta os mais vulneráveis: mulheres, crianças e jovens migrantes nas cidades e no campo.

A América Latina, o Caribe e a África foram e continuam sendo sociedades profundamente marcadas pelo seu passado escravista. Trabalhadores empobrecidos e fragilizados, sobretudo migrantes recém-chegados a centros urbanos, mas também no meio rural, são alvo fácil de um mercado ávido por produzir rapidamente e a baixo custo.

Reduzir alguém à condição análoga ao trabalho escravo é crime previsto em lei. É, entretanto, crime recorrente, sob diversos disfarces e pretextos. Os que se beneficiam da escravidão moderna, para tentar escapar de punições, escondem-se por detrás do mecanismo conhecido como doutrina da cegueira intencional.

O curso examinará a urgência de se formar pessoas cidadãs, que atuem em favor dos trabalhadores (as), na prevenção, denúncia e combate ao trabalho análogo à escravidão.

Este é um desafio para a mentalidade vigente de indiferença e cegueira; para o conformismo das Igrejas e para a frouxidão das políticas públicas, frente aos poderosos que recorrem impunemente da exploração da mão-de-obra, em condições análogas à escravidão. Como garantir, em cada país a ética e os direitos civis, econômicos e sociais dos  trabalhadores (as) e de suas organizações e sindicatos na esfera do trabalho?

Como se posicionar, critica e pastoralmente, frente ao atual sistema de exploração dos trabalhadores, que ficam confinados em seus locais de trabalho, são mantidos sob vigilância ostensiva e têm seus documentos e haveres retidos pelo patrão?

No Curso ESCRAVIDÃO MODERNA NAS CIDADES, serão abordadas as políticas em relação à garantia de trabalho decente, à eliminação do trabalho forçado, do trabalho infantil e da discriminação por raça, gênero ou por ser estrangeiro ou migrante.

O Curso combina a partilha e análise das práticas sociais e pastorais dos seus participantes vindos de diferentes países da América Latina, do Caribe e da África, com instrumentos teóricos, para melhor compreender o desafio da erradicação da escravidão moderna.

Partindo da contribuição das ciências sociais, oferece aprofundamento bíblico e teológico, além de estágios e contatos com pastorais sociais, ONGs e iniciativas das igrejas cristãs, movimentos populares e poderes públicos, frente a um sistema social e economicamente excludente.

A partilha da realidade dos diferentes países, as noites culturais e os momentos de celebração propiciam um espaço único de convivência internacional e de intercâmbio rico e estimulante.

Conteúdo e Assessores

– Moradores em situação de rua
Profª. Nilda de Assis Candido
– A escravidão moderna sob a ótica da cultura africana
Dra. Maria Antonieta Antonacci
– Prática das Línguas: portuguêsa e castelhana
Profª. Dirce Pontes
– Os processos de escravidão urbana na história
Pe. Dr. José Oscar Beozzo
– Migrações, pastoral e escravidão moderna
Dr. Paolo Parise e Prof. José Carlos Pereira
– As diferentes formas de escravidão no contexto bíblico
Dr. Rafael Rodrigues da Silva
– Desafios pastorais para a América Latina e Caribe frente à escravidão moderna
Prof. Raul Martinez Arreortua
– Escravidão moderna e relações de gênero
Dra. Cláudia Patrícia de Luna Silva
– Educação Popular
Dr. Pedro Pontual
– Ecumenismo, diálogo Inter-religioso e espiritualidade ecumênica
Dr. Wagner L. Sanchez e Profa. Cecília Bernardete Franco
– Pastoral urbana e teologia pública no universo protestante
Dr. Jorge Schutz
– Pastoral urbana no campo católico: propostas e encaminhamentos
Dr. Fernando Altemeyer Jr.
– Trabalho escravo nas cidades
Dra. Tatiana Leal Bizar Simonetti
– A prática da escravidão por dívida no contexto urbano e rural
Padre Ricardo Rezende Figueira

- Sistematização das práticas
Dra. Lourdes de Fatima P. Possani

– Cadeias produtivas e violação de direitos
Dr. Marques Casara

Escravidão moderna, desemprego e precarização do trabalho
Dr. André Langer

 

Valor do Curso

Custos e Bolsas
Inscrição e estudo   US$ 900
Hospedagem e alimentação   US$ 600
Total   US$1.500 

*O CESEEP dispõe de um número limitado de bolsas para hospedagem e alimentaçãodestinadas a apoiar a participação de pessoas com menos recursos. Se você se candidatar a uma dessas bolsas, especifique, por favor, em carta separada, os motivos de sua solicitação e a quantia com que você, sua comunidade ou entidade podem contribuir.

Local do Curso
Rua Barão de Loreto, 184 – Vila São José/ Ipiranga – São Paulo – SP – Cep: 04265-30      

AO LADO DO MUSEU DO IPIRANGA

TEL.: (+55) 11 – 2061 2548

 
2018-08-10T12:34:16+00:00

Deixe um Comentário