Jesus Votaria? parte 3 por Padre José Vanin Martins

Vamos ver em quem Jesus votaria. Os critérios de Jesus são surpreendentes, alguns diriam absurdos. A história de seu povo que ele tão bem conhecia mostra como as autoridades, os grandes doutores, os poderosos da riqueza (capital), em sua grande maioria, descuidava do bem estar dos trabalhadores ou até os explorava.

Os salmos constantemente falam desta verdade. Escolho apenas o Sl 12 “Socorro, Javé! O fiel sumiu! Desapareceu a fidelidade entre os homens: cada qual mente ao seu próximo com lábios enganadores e segundas intenções… dizem: “Nossa força está na língua e nossas armas são os lábios; quem poderá nos dominar”? Javé declara: “Agora me levanto para defender os pobres oprimidos e os necessitados que gemem; ou salvar quem quer ser salvo”!”.

Todos os profetas também denunciaram a corrupção e a exploração. Vejamos uma das denúncias de AMÓS que era um simples boiadeiro: “porque vendem o justo por dinheiro e o necessitado por um par de sandálias; pisoteiam os fracos no chão e desviam o caminho dos pobres! Pai e filho dormem com a mesma jovem, profanando assim o meu nome santo. Diante de todos os altares eles se deitam sobre roupas penhoradas e no templo do seu deus bebem o vinho de juros.” Am 2,6-8.

O fio condutor de toda leitura da Bíblia é DECLARAR O AMOR E A MISERICÓRDIA DE DEUS EM FAVOR DO EMPOBRECIDO CONTRA A INJUSTIÇA, OPRESSÃO, CORRUPÇÃO, ACUMULAÇÃO DE RIQUEZA DE UMA PEQUENA MINORIA DE EXPLORADORES E DIRIGENTES CIVIS E RELIGIOSOS.

Jesus escolheu os 12 APÓSTOLOS, todos trabalhadores e depois mais 72 discípulos. Deixou-se seguir e ser ajudado financeiramente por um grupo de mulheres (Lc 8,1-3). Para os Apóstolos colocou duas condições: 1. Pobreza (Mt 10,1-11); 2. Atitude de humildade e serviço (Mt 18,1-4) e Mt 20,24-28).

Já ouvi muita gente dizer que não vota em pobre porque pobre rouba. Será que nunca tiveram o espírito crítico da Bíblia, do Espírito Santo para perceberem o quanto estão sendo roubados diariamente pelos ricos?

 

Padre José Vanin Martins 

2018-09-21T16:45:33+00:00

Deixe um Comentário