Na Europa, grupo de igrejas aponta onda de radicalismo cristão no Brasil

GENEBRA – Uma versão fundamentalista do cristianismo está legitimando medidas do governo Bolsonaro que vão justamente contra as bases da religião — entre elas a discriminação, violação aos direitos humanos e mesmo a proteção do planeta. O alerta está sendo feito por parte das igrejas nacionais que, alarmadas com a situação no país, se reuniram na Suíça para debater o cenário religioso no Brasil e pedir a ajuda do Conselho Mundial de Igrejas para que uma estratégia seja estabelecida. Nos anos 70, o Conselho Mundial de Igrejas foi fundamental para bancar as ações de religiosos no Brasil que lutavam contra a ditadura. Entre as várias iniciativas, o grupo financiou os trabalhos da col… – Veja mais em  https://jamilchade.blogosfera.uol.com.br/2019/08/29/igrejas-denunciam-uso-do-fundamentalismo-cristao-pelo-governo/

 

2019-08-29T10:25:10-03:00

Deixe um Comentário