Nota de repúdio ao assassinato de Ênio Pasqualin (1972-2020)

Apoio solidário do CESEEP à sua família e às/aos suas/seus companheiras/os de luta

Neste momento de dor e indignação, solidarizamo-nos com a família e com as companheiras/os de luta de Ênio Pasqualin, assassinado no dia 25/10, em Rio Bonito de Iguaçu – PR.

Ênio vivia com sua família no Assentamento Ireno Alves dos Santos e foi assassinado por pessoas que o retiraram à força de sua casa na noite deste sábado (24/10). Seu corpo foi encontrado na manhã do domingo (25/10), nas proximidades do assentamento, com claros sinais de execução.

O CESEEP (Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular) sempre esteve ao lado daquelas/es que lutam pela paz com justiça social e pelo direito de todos a terra, teto e trabalho.

A cada morte violenta aumenta a nossa responsabilidade para se exigir do Estado segurança para todos os cidadãos e cidadãs e para cuidarmos melhor das pessoas, sobretudo das mais vulneráveis. 

Repudiamos o ato violento dos assassinos e de seus mandantes. Exigimos rápida investigação para que seja feita justiça face a tamanha covardia e crueldade e se ponha cobro às campanhas que pregam a discriminação e disseminam o ódio entre as pessoas.   

Essa morte violenta soma-se a tantas outras, país afora, causadas pela ganância e avareza de uns poucos, que querem ter o controle e poder sobre a economia, sobre a política e, especialmente, sobre as pessoas que trabalham dignamente para sobreviver e lutam por justiça e direitos para todos.

Que Deus acolha o companheiro Ênio Pasqualin em seus braços, dê conforto à sua família e ânimo e coragem aos seus companheiros/as de luta no MST.

Abraço fraterno e sororial de toda a equipe executiva e da direção do CESEEP.

Pe. José Oscar Beozzo

São Paulo, 25 de outubro de 2020

2020-10-26T17:10:04-03:00

Deixe um Comentário